Pesquisar

9 de dez de 2013

Resenha: Quase 1.000 dados nojentos para saber que este mundo é imundo - Aníbal Litvin




Título: Quase 1.000 dados nojentos para saber que este mundo é imundo
AutorAníbal Litvin
Editora
Vergara e Riba
Páginas: 208
Comprar: Compare preços 
Avaliação: 3/5





Resenha: 'Eca!' É o que se pensa ao ver e pegar o livro em mãos. E este pensamento está mais do que certo! Não que seja um livro ruim, muito pelo contrário. Pois esta é a intenção do livro: nos apresentar fatos "nojentos"! 

O livro escrito pelo autor argentino Aníbal Litvin nos mostra pequenos dados e curiosidades que nos parecem nojentos, mas que não passam de coisas normais, porém diferentes de nossa realidade. Como podemos observar nos fatos a seguir:
"473- Na África, além da sopa de morcego, também é preparada a carne de castor."
"222- Alguns dos pratos tradicionais da cozinha mexicana são os 'Ahuahuatles' (ovos de mosca) moles, os 'Chapulines' (gafanhotos fritos) e tacos de 'Huitlacoche' (fungo que cresce no milho)." 
"696- As crianças incas que completavam 14 anos eram iniciadas como adultos sendo pintadas com sangue de Lhamas mortas." 
Por isso, quem pretende ler o livro deve ter em mente que alguns dos fatos aqui citados são tão normais quanto comer carne bovina por aqui (indianos/vegetarianos piram?). Viram só? É uma questão cultural, e que deve ser vista de forma natural. Além do fato de ser muito divertido conhecer costumes e rituais de outras sociedades, também a forma como os animais pelo mundo agem em relação à higiene, alimentação, e dados sobre guerras históricas e etc. Uma viagem breve pelo mundo e seus costumes.

As partes negativas do livro estão ligadas a informações: Devido ao pequeno número de páginas, os fatos e curiosidades são muito curtos, e não trazem nenhuma explicação um pouco mais aprofundada, existe apenas uma pequena parcela sobre cada um. Mas isso deve ser um pouco relevado, pois são fatos. Além da capa, que informa quase 1.000, e não 900 fatos, que é a real quantidade. Alguns fatos são insignificantes, outros muito informativos. De qualquer forma, nada que tire a grandiosidade e valor do livro.

Em suma, é um livro divertido e gostoso de ler. As páginas se vão rapidamente, e o livro pode ser lido em apenas um dia, se houver empenho! A capa é dura e as folhas mesmo sendo brancas, são recheadas de desenhos relacionadas ao tema da página. Eba! Além de receitas caseiras para vários problemas simples. Um livro para gente curiosa. Eu recomendo!



Luis Fernando Turozi Mausson


Leia Mais ►

15 de nov de 2013

38 Tatuagens inspiradas em livros!


Olá turma, quanto tempo :) Encontrei um post com tatuagens baseadas em livros e autores e achei interessante, quero compartilhar com vocês! O post original tem 50 imagens, mas.. fazer o quê né? hohohoho

1- Harry Potter 



2- Slaughterhouse-Five



3- Pride and Prejudice.

Leia Mais ►

14 de nov de 2013

Capas de Harry Potter baseadas em Morte Súbita

Hey turma! Portterheads? Lá estava eu no Facebook do blog fuçando, vendo as páginas favoritas sobre HP, quando me deparo com a seguinte imagem: Sim, capas de Harry Potter + The Casual Vacancy misturadas. Achei muito interessante e criativo! O responsável por essa arte é Louis Andrey! Confiram o portfólio dele clicando 'Aqui.

Olha só: 



Leia Mais ►

14 de out de 2013

Resenha: O Caminho Do Poço Das Lágrimas - André Vianco

Título: O Caminho do Poço Das Lágrimas
Autor: André Vianco
Editora: Novo Século 

Páginas: 208
Comprar: Preços
Avaliação: 4/5



Resenha: "E Quando o pai acorda, já não se lembra de nada. De como havia dormido ali, de onde o carro estava..." 

E é assim que André Vianco começa uma história comovente e surpreendente. O livro 'O Caminho do Poço das Lágrimas' começa de uma maneira confusa, tanto para o leitor quanto para as personagens, que acordam no meio da relva, numa floresta sombria e assustadora. Após o choque de não saberem onde estão, Jonas -pai- Ingrid e Bosco - filha mais velha e o caçula- se vêem obrigados a atravessar a floresta por um lugar estranho, um caminho de pedras grotescas e mal encaixadas, o caminho do poço das lágrimas... E então eis que surge uma pessoa diferente, um senhor e seu cachimbo, que adverte o grupo a nunca sair do caminho, seja por qual motivo, pois as consequências seriam inevitáveis; e depois desaparece sem deixar rastros. Um personagem que me fez pensar em possíveis pessoas.

O enredo é sobre um grupo perdido que queria voltar para casa, e que de certa maneira encontra uma saída; mas também uma lição muito terrível.
Esse é o primeiro livro que leio do Autor, e posso dizer que adorei. As personagens são bem construídas, todo o cenário é bem detalhado. Adorei a narrativa do autor que é em 3° pessoa, mas não deixa de transmitir o sentimento das personagens. É como se cada pessoa que encontramos no livro existisse de verdade, e ditasse seus sentimentos para o autor.

Cheio de metáforas, a história revela aos protagonistas uma lição de vida muito valiosa, do quanto perdemos nosso temo com coisas fúteis, de como nos entregamos de mais à coisas que não deveriam, e principalmente o valor familiar.. O caminho do poço das lágrimas é do tipo de livro que você gosta ou não, pois abrange também um tema que ainda é um tabu: A morte. E também mexe com o imaginário, criando situações extremamente  fantasiosas mas com um fundo de verdade. Confuso? Sim, mas muito bom! Às vezes parece que o livro não vai dar em nada, pois os acontecimentos não são tão grandiosos, mas no fim eles são compensados! A leitura é medianamente fluída, agradável! 

Em suma é um livro muito triste, mas surpreendente. Alguns personagens que eram os 'favoritos' no fim se revelam os verdadeiros vilões e causadores de toda a dor e sofrimento que o livro trás. Ao mesmo tempo, como ponto negativo, o livro foi um pouco previsível previsível para mim, eu deduzi o que havia acontecido com o grupo logo nas primeiras páginas, e o que pensei veio logo a se confirmar no fim do livro. Mas nada que tire a qualidade do livro, que contém ilustrações magníficas feitas pelo Lese Pierre. Adorei tudo, as personagens, as ilustrações, o bom trabalho da editora como livro, a história.. é um livro que vale a pena ser lido.

Querem ver fotos das ilustrações? 







Leia Mais ►

12 de out de 2013

J-CEMA: Novelo de Letras na mídia!

Olá! Gente, ontem chegou na escola o nosso jornal. Eu e as Helo's sempre participamos dele, por isso temos um espaço lá onde podemos expor nossas opiniões.



Nesta edição (Agosto/Setembro) decidimos colocar nele uma resenha de cada, o que nos foi concedido! Mas, melhor ainda foi a matéria feita pela nossa vice-diretora, a querida Marli Bigueti! Vejam só:


A Marli, que é nossa companheira na escola nos fez esta surpresa, então muito obrigado Marli,  pelo apoio e por apostar firmemente no blog! :D Espero que o blog tenha cada vez mais reconhecimento!! E para quem quiser conhecer mais sobre o nosso jornal, o J-CEMA, acessem o blog! AQUI. (Um 'poucão' desatualizado, será que podemos arrumar isso ?? hehe)

Por hoje é só, mas logo mais posto uma entrevista que fizemos com o Hugo, citado no post 'Semana Literária Sesc & Feira do Livro - A Decepção'.. Aguardem! 


Leia Mais ►

10 de out de 2013

O Menino do Pijama Listrado - John Boyne

Olá gente bonita! Há algumas semanas o caminhão do BiblioSesc estava estacionado na nossa cidade, e então fui lá e me deparei com “O menino do Pijama Listrado”, o qual eu sentia muita vontade de ler, mesmo que já tenha visto o filme.

O livro, escrito por John Boyne, é narrado entre 1942 e 1944, durante o período da Segunda Guerra Mundial. Tudo começa quando a família de Bruno, protagonista da história, tem que se mudar para um lugar distante, pois o pai havia sido promovido a um cargo superior.
 O lugar nada agradava Bruno, que se queixava por não ter o que fazer, nem amigos para brincar. Mesmo reclamando aos pais, e também ao “caso perdido” como se referia a sua irmã, nada adiantava. Bruno teria que se adaptar a sua nova vida.
Em certo dia, Bruno, da janela do seu quarto, se depara com várias pessoas que viviam do outro lado da cerca, e segundo ele, usavam pijamas listrados e também bonés. Intrigado, ele sai pelo quintal a fim de descobrir quem eram aquelas pessoas e porque se comportavam daquele modo. Com isso, ele conhece Shmuel, um menino judeu que “morava” ali, e a partir disso eles criam uma amizade pura, trocando experiências sobre suas vidas, tão diferentes e ao mesmo tempo tão iguais. 
Em meio aquela tamanha tragédia, Bruno não era capaz de perceber o que acontecia a sua volta, mesmo sendo muito inteligente, era muito inocente. E isso é o que encanta no livro, o modo como Bruno via as coisas, e as interpretava.
Até que Bruno recebe a notícia que iria voltar a sua antiga cidade, e então os dois meninos resolvem fazer algo totalmente proibido, e que torna o livro comovente.. 


cena do filme; fonte

"O Menino do Pijama Listrado" é emocionante, um verdadeiro ensinamento sobre uma amizade pura e intensa. A leitura é de fácil entendimento e eu recomendo muito!
Alguém aqui já leu ou viu o filme? O que vocês acharam?
Até a próxima...
Leia Mais ►

9 de out de 2013

Tag: 3 Livros para ler com gripe!


"Olâ! Tuto peim?" Turma, resolvi aproveitar da minha atual situação: gripe! E criar esta tag "3 Livros Para Ler Com Gripe".. 

Mas antes que alguém diga ''Nossa, mas então são péssimos livros né? Você os está associando à uma doença!''. Já aviso que não é nada disso! Muito pelo contrário: são livros bons, que nos auxiliam durante o período de sofrimento.. hahahaha.. Vamos começar? 

1- Maldito Karma - David Safier


Um  livro leve e divertido, com personagens marcantes e engraçados, é ótimo pra quem está com algum tipo de desânimo, ou mesmo gripe, rs. O livro tem grandes lições que são mostradas de forma sutil e espontânea! É possível ler numa sentada, e vai lhe divertir com toda certeza! confiram a resenha.

Leia Mais ►

7 de out de 2013

Resenha: Jogos Vorazes - Suzanne Collins

Quando vi o livro Jogos Vorazes com sua capa sem muitos detalhes e sem muitas avaliações, logo no início de sua jornada no Brasil, não dei a mínima importância a ele. Algum tempo depois todos falavam de Jogos Vorazes e de como amavam a trilogia, portanto, não dei  a mínima para o livro novamente. E sim, me arrependi muito! No começo fugi do livro por ser simples e 'modinha', e vi como é fútil essa maneira de pensar, pois me privou de um livro muito bom.


Superando minhas expectativas e receios, quando comecei a leitura de Jogos Vorazes percebi que era algo diferente, que parecia algo 'obscuro' e que me tiraria da rotina de livros 'comuns'. A história é narrada em primeira pessoa por Katiniss Everdeen, uma adolescente que compartilha seus medos, sua visão real e crua do mundo com o leitor através de uma leitura fluída e rica em detalhes.

Katiniss nos apresenta os 'JogosVorazes', que ocorrem anualmente e reúnem duas pessoas de cada distrito (12 no total, e a capital, que só assiste aos jogos) e faz com que seus jogadores tenham que se destruírem (muito sangue) até que reste apenas um jogador, que será o grande vencedor, que deterá grande riqueza e reconhecimento. E devido a muitos acontecimentos, Katiniss acaba indo para os jogos, onde muitas barreiras serão destruídas e um final como nunca fora visto antes ocorrerá nos 'Jogos Vorazes'. Curioso? Bastante..


Suzanne cria  uma atmosfera pesada em todo o enredo, o que somado ao modo de pensar e se expressar de Katiniss transforma o livro, e o faz ter um tom mais adulto. Não indico o livro para pessoas acostumadas com livros que terminam com finais felizes, muita alegria  e diversão, pois Jogos Vorazes é um livro tenso e bem crítico. Vários personagens podem (e são) facilmente relacionados a pessoas de nosso próprio dia-a-dia, devido às suas personalidades peculiares. Isso o torna ainda mais intenso e real. Alguns personagens porém, são muito irritantes, mesmo que necessários para a história.

O único ponto negativo do livro é justamente o seu diferencial: seu teor de crueldade. Mesmo assim, não é algo que atrapalhe tanto a leitura, pois a crueldade é necessária para demonstrar o poder da capital. A maneira brutal como a Capital trata os moradores dos distritos é algo assustador, algo desumano. De qualquer forma, vale ressaltar que o livro contém algumas passagens realmente agoniantes. Se desse uma nota  de 1 a 5, daria a Jogos Vorazes 4,5, pela sua 'ousadia' e 'profundidade'!

Uma história diferente, crítica, e que nos abre o olho para a realidade, Jogos Vorazes vale a pena ser lido! Estou esperando um pouco para ler o segundo volume, para que eu possa ler e em seguida assistir o filme, mas imagino que deva ser tão bom quando o primeiro. Em relação à qualidade de impressão do livro: ótima. Folhas amarelas, tinta forte e agradável de ler. Tenho o box da trilogia e estou satisfeito. Em suma: leiam Jogos Vorazes. Sejam felizes! :D 


(Acontece que depois de um tempo, a capa fica bonita ;)


Leia Mais ►

6 de out de 2013

Blogs Parceiros - 1ª Seleção Completa

Olá!

Hoje vou apresentar para vocês os blogs que agora são parceiros do Novelo de Letras! Foram os blogs que eu já conhecia e me interessei pela parceria e blogs que se propuseram a firma-la! Espero que gostem dos blogs e que os visitem, pois o conteúdo é ótimo! :D


Couplé Literário
Couplé Literário

http://www.desmazelas.com.br
Desmazelas

Livros e Outras Alegrias

Histórias Possíveis 


De Cabeça Para Baixo



É isso, são poucos blogs mas são legais :D Em breve trarei mais blogs parceiros, mas por hoje é só! Acessem!! hehe
Leia Mais ►

4 de out de 2013

Meu Blog é neutro em CO2, neutralize o seu também


"Sabia que um blog produz quase 3,6 kg de dióxido de carbono por ano? A maioria dos blogueiros não sabe." Pois é, eu não sabia! Não sei como é produzido, vou me informar.. 

Maaas, em todo caso plantar uma árvore sempre é bom, não acha? Pensando nisso, agora o blog apoia o 'Gesto Verde', que planta uma árvore por cada blog parceiro. A meta é plantar 500 espécies nativas, que servirão para restaurar a área desmatada perto de Apucarana, no Paraná! Pertinho de nós do Novelo :D Enfim, querem saber mais sobre o projeto, tem blog e quer participar? Acessem:

ofertas ecologicamente correto
http://www.guiato.com.br

:'D 

Luis Fernando 


Leia Mais ►

3 de out de 2013

Resenha: Ainda Não Te Disse Nada

Titulo: Ainda Não Te Disse Nada
Autor: Mauricio Gomyde
Editora: Porto 71


Resenha: "Marina é uma jovem sonhadora que sai de sua pequena cidade em busca de um sonho: se tornar uma grande estilista famosa. Porém nem tudo é como se espera e para se manter ela tem que trabalhar em uma agência de correios, a qual será o cenário inicial de um romance a distância, entre duas pessoas que se apaixonaram por palavras e por uma história de que havia se passado há muitos anos.”

Assim que comecei ler o livro, confesso que viciei, não parava de ler um minuto, pois queria saber o que ia acontecer com a jovem que nunca tinha se dado muito bem quando o assunto era o amor e que tinha dado continuidade a uma história que não a pertencia, mas que era o começo de um romance, digamos, quase impossível.

É impressionante como a forma em que Mauricio Gomyde narra o cenário e os personagens, sua narração faz com que você embarque na história como se realmente fizesse parte da mesma. Os personagens são autênticos e os cenários típicos do dia-a-dia de uma estudante.
A capa passa um ar de mistério, o que te da mais interesse em descobrir o roteiro da história, as folhas e a letra são adequadas.

Enfim, posso dizer que foi um dos livros mais impressionantes que li, pois sai da “mesmice” do mocinho e da mocinha com as mesmas características e o final é surpreendente, pois tem uma pitadinha de mistério. Espero que todos leiam e se apaixonem pela rotina, crises, amores e pela surpresa que o destino preparou para Marina Albertini.

Alguns trechos:

“Não sei se há pessoas que nascem umas para as outras, mas tenho a certeza que há pessoas que crescem e se acertam umas para as outras. E esse mistério alquímico é uma dádiva extraordinária”

"Se não posso te tocar, pelo menos em pensamento sei que estás ao meu lado e, de longe, velas meu sono. Quando fechares os teus olhos, saibas que estarei também ao lado teu, a pensar nos teus belos olhos e cabelos castanhos, e a dizer: 'Dorme com Deus, minha pequena flor, minha doce e amada, Milena'."




Leia Mais ►

27 de set de 2013

WIll & Will - John Green & David Levithan

Antes de qualquer outra coisa, quero fazer uma observação: Will & Will não é um 'livro homossexual', como muita gente tem o gosto de dizer, pelo menos em minha opinião. É um livro comum, que contêm casais. O que acontece é que existem casais homossexuais, nada de mais, concordam? Li algumas resenhas do livro e percebi como as pessoas adoram falar que o livro é 'gay'. Achei curioso. O diferente é como os homossexuais são vistos.


Leia Mais ►

26 de set de 2013

O Dia Da Caça - James Patterson

Título: O Dia Da Caça
Autor: James Patterson
Editora: Arqueiro 
Páginas: 212
Comprar: Preços
Avaliação: 3/5

Resenha: Minha opinião sobre esse livro mudou. Eu o li há algum tempo e confesso que na época não achei nada de especial, ou genial, como tanto se falava. Pois bem, continuo pensando que não é um livro ótimo, porém agora o vejo com outros olhos. Com olhos mais maduros. 

A princípio fiquei aterrorizado com a brutalidade que o livro contém: assassinatos frios, desdém à vida. Alguns dos personagens me deixava com nojo! E hoje vejo como isso é bom(!), pois percebi que o livro me segurou, e definiu fortemente a personalidade de alguns personagens, o que considero importante em um livro. E apesar de toda a violência encontrada em 'O Dia Da Caça' é uma leitura recomendada! 

Leia Mais ►

24 de set de 2013

Correio #1

Hey pessoal! Hoje vou mostrar o que chegou para mim :D Ganhei alguns de aniversário, foram poucos, mas aproveitei e comprei alguns também! (Detalhe na 'linda' parede revestida com jornal que deu errado, rs) Vejam só:

CORREIO #1
Leia Mais ►

23 de set de 2013

Parceria com Blogs: Abertas!

Olá gente bonita e cheirosa!! hehe

Sim, eu pesquisei a palavra 'parceria' no Google Imagens, rs. Fonte

Sei que muitos dos leitores daqui também são blogueiros, por isso pensei: por que não ficarmos ainda mais próximos? Pensando nisso criamos a parceria com o Novelo De Letras!! Assim, poderemos criar promoções em conjunto, e muitas outras atividade que forem propostas. Para ser parceiro do blog é só avisar por meio da página CONTATO, que está na barra do blog, na parte superior! 

Assim que entrar em contato, firmaremos a parceria! Porém, devemos observas alguns pontos. Não regras, apenas sugestões do funcionamento da parceria, como por exemplo:
Leia Mais ►

19 de set de 2013

Semana Literária Sesc & Feira do Livro - A Decepção

Olá gente bonita, hoje vou mostrar um pouquinho do que deveria ter sido um ótimo dia. Mas repito: deveria!

Tudo começou no início de setembro quando o Caminhão do BiblioSesc estacionou aqui em nossa cidade, nossa super-hiper-mega cidade, que tanto valoriza e estimula a cultura, rs. Então como tudo o que chega é novidade, lá fomos eu(Luis), Heloisa e Heloisa ver do que se tratava. Depois de muita conversa com o Hugo, que está no BiblioSesc (sujeito que de fato, valoriza a cultura. Obrigado Hugo!), descobrimos do que se tratava o bendito caminhão, e melhor ainda: que no mês de setembro haveria uma Semana Literária promovida pelo Sesc, na cidade de Londrina no Paraná, que é quase nossa vizinha! Conversamos com a direção da escola e marcamos uma visita para o dia 18/09. Porém, todavia, contudo, antes teríamos de passar a manhã na UEL (Universidade Estadual de Londrina), para conhecer o campus. Nós fomos.

muito!
Leia Mais ►

18 de set de 2013

Epa Neném

Olá pessoas!

Um pouquinho de graça de vez em quando no blog faz bem, certo? Como somos rebeldes, eu (Heloisa C.) e o Luis, rs’ fizemos um desenho no quadro negro da escola em homenagem ao Diário de Um Banana, da V&R, levamos celular (sim, é proibido celular na escola, mas como disse somos rebeldes) e tiramos uma foto, espero que gostem 
"Trecho do livro 'Diário de Um Banana', onde é criado um espaço para tirinhas na escola de Greg"


Que tal?
Somos artistas eu sei, artistas rebeldes porque a “vida loka” nos escolheu, agora estamos planejando nosso próximo desenho ''rebelde'', que se for concluído e não formos presos, é claro, postaremos aqui.. rs’ brincadeira u.u
Agora deixe seus comentários, o que acharam?

Leia Mais ►

17 de set de 2013

Opções de Capa Para Harry Potter!

Oi pessoal! Eu estava (again!) no Facebook do Blog quando me deparei com essas cenas lindas: imagens de Harry Potter que nunca foram publicadas! Minha reação ao vê-las: 

Leia Mais ►

15 de set de 2013

Resenha: Diário de Um Banana - Jeff Kinney

Título: Diário de um Banana
Autor: Jeff Kinney
Editora: V&R
Páginas: 218 (Edição Econômica) 
Comprar: Preços
Avaliação: 4/5


Resenha: Não, esse livro não tem nada de comum. Geralmente os livros que leio são formados de uma história, onde o personagem tem algum objetivo e bem, tem que realizá-lo, buscá-lo, enfim..são livros como Harry Potter (Destruir as Horcruxes) Percy Jackson (A Maldição, rs) entre outros. E esse é o ponto que mais me chamou atenção no livro 'Diário De Um Banana', pois o livro é de fato um diário, onde os objetivos são pequenos e rápidos, como por exemplo: Fazer uma festa de Halloween, pegar doces.. mesmo que o tempo entre uma narração e outra varie, desde um dia a outro, até alguns meses..  Mas isso só torna e leitura mais interessante, pois é algo muito diferente do comum e  contagia mais a leitura!

Diferenças a parte, um ponto legal para se falar sobre o livro é a sua maturidade. Assim que o comprei pensei se tratar de algo mais voltado aos adolescentes, um pouco maiores, mas me enganei. O livro é bem infantil, até mais do que eu realmente parece.. Então vai a dica: se você não gosta de  livros infantis, já sabe! Pois apesar de ser engraçado, a temática é infantil, não tem como fugir! (lembre-se, Greg Heffley é uma criança). Mas isso é pra quemnão curte histórias mais infantis. 


Quanto ao humor do livro, posso dizer que é único! As aventuras cotidianas de Greg e seus amigos são narradas por ele de uma forma 'pura', mesmo que às vezes essa pureza seja um pouco maldosa! Confuso? Bem, para o que  Greg é um plano perfeito para criar uma casa do terror, para seus pais é uma receita certa para muita confusão. Coisas poucas, mas vista pelo olhar de uma garoto inocente, que torna atos simples muito hilários devido à forma como são vistas na cabeça de Greg. É um espetáculo ver a interação entre ele e seu melhor amigo!


O livro é muito agradável de ler, pois tem ilustrações (simples e hilárias) e letras grandes e espaçadas.  O cotidiano de Greg é muito interessante quando vem à tona suas família, amigos, escola. Apenas qualifiquei o livro com nota 4 pois como disse no início da resenha o livro tem uma temática bem infantil, eu esperava algo a mais sobre isso, um amadurecimento da personagem durante a história, o que não ocorreu. Espero que nos próximos volumes isso ocorra, vou ler em breve! 

Quando o li, demorei dois dias devido ao tempo de provas na escola, mas o livro é facilmente lido em uma tarde.  E quanto à qualidade do livro devo dizer que me surpreendi: quando o comprei não sabia que se tratava da edição econômica, e quando o livro chegou pensei que seria aquela tortura dos livros econômicos: páginas  enrugadas ao chover, capa curvada, uma lástima.. Mas não, isso não ocorreu, o livro é forte, mesmo nesta edição! Além da capa, que é muito bonita! 

Em suma, é um livro muito bom, independente de faixa etária (claro que os pequenos se divertirão mais!) que vale a pena ser lido, mesmo que por curiosidade! Personagens marcantes, um livro com enredo incomum, algo novo e especial... Super recomendo a leitura do livro! 


Agora, alguns trechos do livro: 







Leia Mais ►