Pesquisar

8 de set de 2013

Resenha: O Teorema Katherine - John Green

Título: O Teorema Katherine
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Páginas: 303
Comprar: Preços
Avaliação: 4/5


Resenha: Não, "O Teorema Katherine" de John Green não me agradou tanto assim. Confesso que esperava muito mais do livro, por ter lido "A Culpa é das Estrelas" do mesmo autor e ter me encantado por ele.

"O Teorema Katherine" conta a história de Colin Singleton, um garoto prodígio que têm várias manias, e algumas delas são: criar anagramas com qualquer palavra, e namorar Katherine's. 

Ainda na sua juventude Colin acaba de tomar mais um pé na bunda, de sua décima-nona namorada. Sim, Katherine XIX. E então decide cair na estrada com o seu Oldsmobile, mais conhecido como "Rabecão de Sã", juntamente com seu amigo Hassan.
Sem destino algum, Colin e Hassan saem em uma viagem de carro e acabam indo parar em Gutshot, localizada no Tennessee, com o objetivo de visitar o tumulo do Arquiduque Francisco Ferdinando, com a ajuda da guia turística, Lindsey.

Nessa visita, Colin Singleton tem seu primeiro momento "eureca". Ele usaria o seu passado para informar o futuro, criando um teorema matemático para prever a duração de relacionamentos, e quem seria o "terminante" e o "terminado", assim ditos por ele. 
Colin e Hassan criam uma amizade com Lindsey, a qual os hospeda na sua casa. A partir disso, eles começam a trabalhar para a mãe dela, a Hollis, entrevistando atuais e ex-funcionários de sua fábrica. 
Com a ajuda de Lindsey, Colin finaliza seu Teorema da Fundação da Previsibilidade das Katherines. 

Ao decorrer da história, o leitor vai conhecendo um pouco da vida de Colin, e também sobre os seus 19 relacionamentos. O final não me surpreendeu tanto, por ser meio obvio. 
Apesar do contexto não ter me agradado tanto, pra mim o livro teve vários pontos positivos: a escrita genial de John Green, que te faz rir em alguns momentos e refletir em outros, o local onde se passa a história, e principalmente o melhor amigo do Colin, o Hassan.
Por fim, "O Teorema Katherine" é uma leitura gostosa, cativante e rápida, mas para mim, o primeiro livro que eu li do John Green continua sendo meu preferido! 

Alguns trechos:
"Prodígios conseguem aprender rapidamente o que outras pessoas inventaram; gênios descobrem o que ninguém descobriu. Prodígios aprendem; gênios realizam. A maioria das crianças prodígio não se torna um gênio na idade adulta. Colin tinha quase certeza de que fazia parte dessa maioria desafortunada."
      "É possível amar muito alguém. Mas o tamanho do seu amor por uma pessoa nunca vai ser páreo para o tamanho da saudade que você vai sentir dela"


Imagens:

                     
                     
                            



Alguém aqui já leu? O que vocês acharam?
Beijos, até a próxima!


Um comentário:

  1. Eu comprei esse livro junto com A culpa é das estrelas, mas ainda não o li.

    Já muita gente falando que também não achou tão bom assim, vi até uma menina de um vlog dizendo que é o pior livro do John Green.

    Bom... Eu o lerei para tirar a prova.

    Muito boa a sua resenha.
    bjs
    http://letrasdanana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Ei blogueiro - não deixe spam por aqui, o mundo agradece!

Ei leitor - escreva o que quiser, munido de respeito e coerência, porém.